• Psicóloga Cecília Weiller

Relacionamentos: até onde podemos esperar do outro o que é nosso?


A cultura popular espalha por aí que os casais devem se complementar, e que as características de um, de alguma forma, vão compensar o que falta no outro. Muitos acabam entrando na busca pela tampa da sua panela, pela metade da sua laranja, e por aí vai.

Psicóloga Moema | Psicóloga Cecília Weiller

Mas será mesmo que devemos buscar no outro o que falta em nós? Ou será que devemos buscar em nós mesmos o que nos falta?

Acredito que para um relacionamento saudável e, principalmente, sem cobranças, ambos devem estar por inteiro. Esperar do outro o que é nosso acaba gerando uma responsabilidade muito grande no parceiro, que nunca será capaz de suprir todas as nossas necessidades. E é aí que surgem muitas das famosas DR's - as discussões de relacionamento. Esperamos do parceiro muito mais do que ele pode e deve nos dar. Além de injusto, me parece algo inalcançável.

Que tal buscar se conhecer primeiro, e encontrar em você mesmo tudo aquilo que te faz feliz? Com isso, o relacionamento deixa de ser uma busca pela felicidade, mas sim a vivência dela. Se relacionar sem a cobrança de ter algo em troca pode ser muito mais prazeroso e leve.

Boa sorte!

#relacionamento #autoconhecimento #psicologia #psicoterapia

116 visualizações0 comentário