Please reload

Posts Recentes

Conhecimento e aceitação

 

Muitas pessoas buscam terapia com o objetivo de se verem livres de certas características que ela acreditam não serem muito positivas.
Há uma tendência em acreditar que o processo terapêutico irá acabar com todos os problemas e, saindo dali, o paciente poderá viver sem novas preocupações.

 

No entanto, a psicologia busca justamente a convivência com os defeitos de forma mais harmoniosa e consciente.
Não é papel do terapeuta livrar o paciente dos seus problemas, mas sim apoiá-lo a lidar com eles de uma maneira mais construtiva.

 

É também trabalho do psicólogo identificar certas características que, por mais negativas que possam parecer para o paciente, são parte da estrutura de identidade do sujeito.
 

Muito sabiamente, Clarice Lispector refletiu que nem todos os defeitos devem ser abandonados, porque isso pode ser perigoso. O correto a se fazer é buscar entender o que está por trás de certos atributos, conhecê-los melhor e aprender a lidar com eles. Não há indivíduos perfeitos, mas há aqueles que tiveram a oportunidade de se conhecerem e se aceitarem como são.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Clique aqui se gostou do texto!
Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Google+ Social Icon