top of page
  • Foto do escritorCecília Weiller

Como anda sua relação com o trabalho? Entenda os impactos que isso pode ter em sua saúde mental


Trabalho, saúde mental, burnout, estresse, ansiedade, psicoterapia

Como você me descreveria sua relação com seu trabalho? Você acredita que seja uma relação saudável ou talvez esteja começando a te fazer mal?

Faço essa pergunta, pois cada vez mais vejo em meu consultório pessoas, muitas vezes jovens, relatando estarem estressados com sua rotina de trabalho.

Jornadas longas, poucas horas de descanso, muita cobrança, comparações e uma sensação quase constante de que não estão fazendo o suficiente. Isso te parece familiar?

Em uma cultura em que há uma valorização e uma identificação grande com o que fazemos para ganhar a vida, é ainda mais difícil perceber quando se está ultrapassando o limite do saudável.


Trabalho, saúde mental, burnout, estresse, ansiedade, psicoterapia

Mas existem algumas pistas que podem te ajudar a identificar quando algo não está indo bem. Alguns exemplos do que você pode estar sentindo:

  • Cansaço constante - e o final de semana não é suficiente para repor suas energias

  • Pouca ou nenhuma motivação em relação às atividades do trabalho - aquilo que antes te trazia ânimo, agora já não é mais tão interessante

  • Dificuldade em manter uma rotina de atividades além do trabalho (exercícios físicos, lazer, encontro com amigos, etc)

  • Dificuldade pra dormir e um sono pouco reparador

  • Aquela clássica "depressão" do domingo, em que você já começa a se sentir mal pela semana que está começando

  • Ansiedade em relação a encontros com pessoas do trabalho

  • Dores no corpo, palpitações e agitação ao pensar em algo relacionado ao trabalho

Claro que esses são alguns exemplos e que nem sempre, ao experienciá-los, você esteja passando por um problema. Mas são sinais importantes de que algo pode não estar tão bem.

Acredito que seja extremamente importante estarmos sempre atentos a forma como lidamos com nossa rotina, buscando, dentro do possível, um certo equilíbrio. Sei que não podemos simplesmente abrir mão dos nossos trabalhos, e nem acho que esse seja o caminho, mas buscar entender como ele nos afeta e termos mais consciência dessa relação já um caminho mais saudável.


Uma vez ouvi uma analogia que me fez muito sentido: imagine que nossa vida é uma pizza, com várias fatias, cada uma representando uma parte da nossa vida. O trabalho é apenas uma fatia. Cuidado pra não achar que ele é a pizza (e sua vida!) toda, ok?




27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page